Agenda 2015 para Grupo de Senhoras

A Agenda 2015 para Grupo de Senhoras foi desenvolvida para facilitar a organização do trabalho das senhoras a frente. Agenda possui: Calendário do ano de 2015; Escala Anual de Flores; Escala de frequência das Senhoras; Espaço para Mensagens, Dons Espirituais, textos de consulta e escala de Aniversário das Senhoras.

Image not available
Image not available
Image not available
Image not available

Produto Exclusivo!

Você maneja bem a Palavra de Deus?

We’re two enthusiastic guys from Hungary.

São 359 páginas de vasto conteúdo para o Obreiro utilizar como ajuda nos seus estudos da Palavra de Deus. Os 117 Esboços Bíblicos trazem diversos tópicos para desenvolver suas próprias mensagens, e sem falar das 300 Ilustrações bíblicas que vai enriquecer as mensagens aplicadas.

Image not available
Image not available

A Coletânea do Obreiro novato!

We’re two enthusiastic guys from Hungary.

A Coletânea de Mensagens Bíblicas tem como objetivo de fornecer orientações e modelos de mensagens para o Obreiro Novato. As mensagens não são para serem lidas ou decoradas, mas para dar ao obreiro uma noção de como iniciar sua mensagem e terminá-la de forma clara. Além de ensinar como se comportar no púlpito e entre outros detalhes que infelizmente não são passados aos obreiros novos.

Image not available
Image not available

ELISEU E A SUNAMITA II Reis 4: 8-11

ELISEU E A SUNAMITA

II Reis 4: 8-11

INTRODUÇÃO

Esta mensagem pode ser transmitida com caráter de evangelização, e nela podemos observar o seguinte:

*A Sunamita (mulher rica) – Tipifica uma igreja rica, porque tem os dons espirituais, a revelação e a bênção do Espírito.

*Eliseu – O homem que peregrina, que passa sem provar o pão, porque não tem quem o constranja (convide) a isso.

*O marido – Tipo do Espírito Santo, a quem a igreja (mulher rica) intercede pela vida do peregrino.

 

DESENVOLVIMENTO

Verso 8 - Eliseu desce a Suném e é constrangido a comer pão na casa da mulher rica.

Muitas pessoas passam por essa vida sem provar sequer um pouco do “pão”, que é o Senhor Jesus e a sua Palavra. Isso ocorre porque não há quem os constranja, quem os convide. Mas a igreja que tem a bênção do Senhor, e que é rica por isso, deve se esforçar por deter os que a visitam, a fim de que se alimentem do “Pão Vivo” que desceu do céu e tenham vida eterna. A igreja nesta hora deve dar uma assistência tal, que o visitante sinta o desejo de voltar e se alimentar mais do Senhor Jesus.

Verso 9 – A sunamita fala ao seu marido sobre o santo homem de Deus.

É um dever da igreja interceder pela vida do visitante, pois ele é um escolhido (separado), e vocacionado para a salvação em Jesus. A Palavra diz que a vontade de Deus é todos sejam salvos pelo arrependimento dos seus pecados. A igreja deve entender isso, e tomar providências para que o desejo do Senhor se cumpra na vida do visitante.

Verso 10 – A sunamita diz a seu marido: façamos um pequeno quarto em cima, obra de pedreiro.

O visitante deve ser acolhido pela igreja com toda a atenção, mas esta atenção deve ser equilibrada e com simplicidade (sem dar muito espaço). Os servos devem ter sabedoria na assistência, sem exagerar nos cumprimentos mas agindo com naturalidade, mantendo o tratamento que será dado todas as vezes que o visitante chegar na igreja.

A obra de pedreiro é o tipo de trabalho que começa pela base, pela fundação. Isso fala da Obra de edificação realizada na vida da pessoa, a partir do momento em que ela entra na igreja pela primeira vez.

O quarto a ser edificado ficava num lugar elevado, mostrando que a Obra é espiritual e tem como objetivo aproximar a pessoa do Senhor, através da santificação de sua vida. O trabalho começa com a colocação do fundamento, que é o entendimento de corpo, clamor pelo sangue de Jesus, consulta à Palavra e outras doutrinas básicas da Obra do Senhor. Depois vem o levantamento das paredes, da estrutura do edifício, que representa o amadurecimento, o conhecimento da Palavra, as primeiras experiências com o Senhor etc. Por fim vem a colocação do telhado, que é a consolidação da Obra, o momento em que ela pode ser usada para o fim a que se destina. Esta é a fase da instrumentalidade e do serviço ao Senhor.

Depois que o quarto estava pronto, algumas coisas necessárias foram colocadas no seu interior. Estas coisas falam daquilo que deve ser colocado no coração daqueles que se achegam à igreja para se alimentar. São elas: uma cama, uma mesa, cadeiras e um candeeiro.

Também é função da igreja ajudar para que estas coisas estejam sendo criadas na vida do novo convertido, para que o seu crescimento seja normal:

*A cama – fala do descanso, da confiança no Senhor;

*A mesa – fala da comunhão com o Senhor Jesus;

*As cadeiras – falam daquilo que conduz à comunhão, como a oração, o jejum, as madrugadas);

*O candeeiro – aquilo que fornece luz, a revelação, a presença do Espírito, o batismo com o Espírito Santo, os dons espirituais.

A obra do pedreiro é uma obra simples, realizada por um homem simples que trabalha com as mãos (ministérios). É uma obra de equilíbrio e retidão, de prumo e de esquadro, cuja referência é a “Pedra Principal de Esquina”, que o Senhor Jesus.

 

CONCLUSÃO

Verso 11 – Eliseu se retira para o quarto e se deita ali.

O homem definido na Obra sabe qual é o Caminho a seguir. Ele sempre volta para a igreja, pois sabe que ali será bem recebido e terá um lugar para descansar das lutas desta vida.

 

Лучшая в Киеве гидроизоляция подвала